Logo do SPC Brasil
Descubra o significado da inadimplência e receba dicas práticas para evitá-la. Mantenha suas finanças seguras com estratégias inteligentes.

Inadimplência: o que é e dicas para evitar

Você sabia que entre 2021 e 2022 a inadimplência no Brasil cresceu? Segundo uma pesquisa realizada pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), o número de dívidas avançou 10,78% em maio de 2022 — em relação ao mesmo período de 2021.

Antes de saber como evitar, é muito importante entender quais são as principais causas e os tipos de inadimplência. O SPC Brasil preparou um resumo pra te ajudar a entender melhor o que é e como ela pode impactar sua saúde financeira.

Vem com a gente!

O que é inadimplência?

A definição é mais simples do que se imagina: num geral, ela acontece quando uma pessoa ou empresa deixa de cumprir com suas obrigações financeiras nos prazos acordados com o credor.

O que significa estar inadimplente?

Se uma pessoa assume as parcelas de uma compra e não faz os pagamentos, ela já está inadimplente — isso vale pra parcelas de financiamentos, empréstimos, contratos não pagos, faturas e outros tipos de pagamentos.

Qual é a diferença entre dívida e inadimplência?

É muito simples! Confira o exemplo:

Imagine que você comprou um celular novo e decidiu parcelar em 6x. Chamamos isso de dívida, afinal, é um compromisso financeiro com datas de pagamento pré-definidas.

Agora, imagine que você pagou três parcelas do celular e teve uma emergência financeira que te fez atrasar as demais parcelas. As parcelas atrasadas são consideradas inadimplência, uma vez que o compromisso com as datas não foi honrado.

Essa é a diferença entre ambos.

Quais os tipos de inadimplência?

Existem quatro tipos principais e elas são classificadas de acordo com o perfil do devedor:

- Devedor viciado: geralmente esse é o tipo de inadimplente menos preocupante para os credores. Isso se deve ao fato de que ele atrasa pagamentos por falta de organização, não por problemas financeiros. Sendo assim, esse tipo de devedor pode até chegar a pedir uma renegociação, mas costuma pagar assim que recebe a primeira cobrança — ou assim que lembrar da dívida.

- Devedor ocasional: diferente do primeiro perfil, o devedor ocasional está sempre alerta, preocupado em manter as contas em dia. O devedor ocasional entra em inadimplência por motivos específicos — um problema ou emergência financeira, por exemplo. A boa notícia é que por ser preocupado com os prazos de pagamento, existem grandes chances deste devedor colocar as contas em dia rapidamente.

- Devedor negligente: considerado um tipo de devedor muito comum, o negligente é aquele que não tem uma vida financeira organizada e não conta com planejamento, deixando contas esquecidas e muita confusão nas finanças.

- Mau pagador: acostumado a receber cobranças de dívidas antigas, este é considerado o devedor com maior nível de dificuldade em arcar com os compromissos financeiros. O mau pagador não é o tipo de devedor que se preocupa em manter o nome limpo e ficar longe da inadimplência.

Principais causas da inadimplência

Ela pode ter causas variadas, mas quase sempre tem relação com situações financeiras momentâneas. Confira algumas:

- Desemprego: responsável por ocasionar ausência de renda em muitas famílias brasileiras, o desemprego atrapalha o pagamento das contas e causa a inadimplência de muitas pessoas.

- Despesas inesperadas: ela pode ser um grande problema para quem não conta com uma reserva de emergência. Despesas inesperadas com automóveis, dívidas repentinas com saúde e urgências levam muitos brasileiros a essa situação financeira.

- Falta de planejamento financeiro: ela também pode ser ocasionada por um acúmulo de dívidas, quando o devedor perde o controle das dívidas e prazos por falta de planejamento.

- Compras para terceiros: essa causa também funciona como uma dica para os consumidores. Muitas pessoas se tornam inadimplentes por dívidas feitas por terceiros em seu nome. O mais comum é que isso aconteça com cartões de crédito e compras parceladas, por isso, antes de fazer uma compra para outra pessoa em seu nome, é importante imaginar o motivo que fez essa pessoa não ter crédito na praça.

- Ausência de educação financeira: contrariando o que muitas pessoas pensam, nem todos conhecem a importância e a necessidade de manter as contas pagas e o nome limpo. O SPC Brasil, como parceiro do consumidor, está aqui pra mudar isso. Vamos em frente com mais informação e educação financeira para os brasileiros!

Impactos da inadimplência

Ela tem impacto direto na saúde financeira das pessoas e empresas, por isso é muito importante conhecer os efeitos que as dívidas em atraso podem gerar a curto e longo prazo. Confira alguns:

Dificuldades para obtenção de crédito

Antes de contrair dívidas que possam te levar a essa situação financeira, é muito importante saber que todos os pagamentos em atraso fazem parte do seu histórico financeiro. Sendo assim, caso você esteja em situação de descumprimento financeiro e solicite crédito para alguma empresa, é possível que seja difícil conseguir aprovação.

Redução do Score de Crédito

A pontuação do seu Score de Crédito é baseada no histórico financeiro, portanto, se no histórico existem dívidas em atraso e inadimplência, existem grandes chances do Score de Crédito ter uma queda, resultando em ainda mais dificuldades para conseguir crédito.

Prejuízos financeiros

Ela é um problema porque não é apenas uma dívida que não foi paga, mas sim uma dívida que não foi paga e que, provavelmente, acarretou juros ao longo do tempo. Isso significa que ela pode levar a prejuízos financeiros ainda maiores.

Como fugir da inadimplência? Dicas essenciais

Apesar de parecer difícil, fugir dessa situação financeira vai ficar muito simples depois dessas dicas que reunimos para você. Confira algumas:

Pague suas contas em dia

Essa é a dica mais simples de todas, mas sabemos que pode ser complicado lembrar de tudo. Uma das chaves é ativar alertas que te ajudem a evitar atrasos.

Faça o controle financeiro

Você pode escolher utilizar uma planilha, um aplicativo de organização financeira ou um mural na sua casa, caso seja mais fácil. O importante é conseguir visualizar e controlar as dívidas.

Monte uma reserva de emergência

Essa é uma dica que vai muito além de ajudar a evitar a evitá-la: uma reserva de emergência te dá segurança para passar por diferentes etapas da vida, do ano e das finanças.

Corte gastos desnecessários

Uma dica muito simples, mas valiosa. Cortar os gastos desnecessários pode parecer indiferente no começo, já que eles costumam ser gastos pequenos, mas em grande volume. O importante é que, com o passar do tempo, além de ficar mais longe da inadimplência, você perceberá que está economizando bastante.

E já que o primeiro passo pra lidar com a inadimplência é saber com quem você precisa negociar, que tal começar aproveitando as Consultas de CPF do SPC Brasil para Pessoa Física? Consulte de forma simples clicando aqui!

Diga adeus à inadimplência!

Agora que você está munido de informações para evitar ficar inadimplente e manter a saúde financeira em dia, aproveite alguns minutos para colocar seu planejamento financeiro em ação — e conte com o SPC Brasil para realizar suas consultas!

- Ficamos por aqui. Em breve voltamos com mais dicas de saúde financeira pra você!

18/03/2024

    Acesso rápido

  1. Inadimplência: o que é e dicas para evitar
  2. O que é inadimplência?
  3. Qual é a diferença entre dívida e inadimplência?
  4. Quais os tipos de inadimplência?
  5. Principais causas da inadimplência
  6. Impactos da inadimplência
  7. Como fugir da inadimplência? Dicas essenciais
  8. Diga adeus à inadimplência!

Assuntos relacionados

Blog SPC Brasil: mais conhecimento, saúde financeira e informação de qualidade pra você!

Leia este texto e entenda o que é o IOF e como impacta diretamente na sua saúde financeira! Clique aqui!

O que é IOF e como ele impacta na vida financeira?

19/07/2024

Leia este texto e entenda o que é o IOF e como impacta diretamente na sua saúde financeira! Clique aqui!

Organização financeira é a virada de chave para uma vida melhor: trouxemos 10 dicas de organização financeira que realmente fazem a diferença. Confira!

Organização financeira: 10 dicas de quem entende do assunto

11/01/2024

E aí, como estão as suas finanças hoje? Com certeza você já se perguntou “como ter uma vida financeira organizada” ou “como ter um planejamento financeiro pessoal”. A verdade é que imprevistos acontecem e para passar por eles, só com muita organização. Se você quer dicas para equilibrar as coisas, pegue seu caderninho de anotações e vem com a gente: o SPC Brasil te ajuda com dicas de organização financeira.

O score de crédito avalia o seu histórico financeiro para dizer se você um bom pagador. A pontuação do score de crédito é muito importante. Saiba tudo aqui!

Score de crédito: o que é, como funciona e para que serve

18/01/2024

E aí, quando foi a última vez que você consultou seu Score de Crédito? Fazer essa consulta é o primeiro passo para entender se você tem muitas ou poucas chances de conseguir crédito para empréstimos e financiamentos. Hoje mostraremos como o Score de Crédito pode ser a chave para abrir portas incríveis ou trancar algumas oportunidades.