Logo do SPC Brasil
Leia este texto e veja o que é amortização, como ela funciona, os diferentes tipos e qual escolher!

Amortização: o que é, como funciona, tipos e informações úteis

A amortização é um mecanismo muito importante para empresas e pessoas físicas, pois permite a gestão eficaz das dívidas por meio de pagamentos periódicos que abrangem tanto o principal quanto os juros.

Este processo é essencial para manter a saúde financeira, já que garante uma redução progressiva do saldo devedor até que a dívida seja completamente quitada.

Hoje o SPC Brasil vai te ajudar a compreender os princípios da amortização e como implementá-los de forma correta. Continue a leitura para entender melhor!

O que é amortização?

Amortização é o processo de pagamento gradual de uma dívida por meio de prestações, que incluem tanto a parcela do capital emprestado quanto os juros acumulados dentro de um período previamente estabelecido.

Esse mecanismo serve para facilitar o controle financeiro por parte do devedor — ao mesmo tempo em que assegura ao credor a recuperação do crédito concedido.

Como funciona uma amortização?

A amortização envolve o pagamento de uma dívida ou empréstimo ao longo do tempo, por meio de parcelas periódicas.

Essas parcelas são compostas por duas partes principais: uma que reduz o valor principal da dívida — o capital emprestado — e outra que corresponde aos juros sobre o saldo devedor.

Quando um empréstimo é concedido, o valor total emprestado constitui o principal da dívida, sendo que é sobre esse montante que serão calculados os juros.

Assim sendo, a dívida total — principal + juros — é dividida em parcelas, que serão pagas em intervalos regulares (por exemplo, mensalmente), durante um período estabelecido no contrato de financiamento.

Existem diferentes métodos para calcular essas parcelas, sendo os mais comuns a Tabela Price e o Sistema de Amortização Constante (SAC), que influenciam diretamente como os valores de principal e juros são distribuídos em cada pagamento.

Com cada parcela paga, uma parte do principal é amortizada — ou seja, é paga —, reduzindo gradualmente o valor total da dívida.

Esse processo continua até que toda a dívida seja completamente paga ao final do período de financiamento.

Quando todas as parcelas são pagas, o empréstimo é integralmente quitado, incluindo tanto o principal quanto os juros acumulados.

Tipos de amortização

Existem diferentes métodos de amortização, cada um com suas características. Os dois mais comuns são a Tabela Price e o Sistema de Amortização Constante (SAC). Entenda:

Tabela Price

A Tabela Price, também conhecida como sistema francês de amortização, é caracterizada por ter prestações periódicas iguais.

Este método é particularmente apreciado por aqueles que buscam a previsibilidade financeira, pois o valor a ser pago não varia ao longo do tempo.

No entanto, é importante notar que, nas fases iniciais do financiamento, a maior parte do pagamento é direcionada para os juros, e apenas uma pequena fração é usada para reduzir o principal da dívida.

À medida que o tempo avança, esta proporção se inverte progressivamente, permitindo um abatimento mais significativo do valor principal nas parcelas finais.

Sistema de Amortização Constante (SAC)

O Sistema de Amortização Constante (SAC) têm uma característica marcante: o valor principal da dívida é amortizado de forma constante ao longo do tempo.

Essa característica resulta em prestações decrescentes, já que os juros são calculados sobre o saldo devedor — que diminui após cada pagamento.

A principal vantagem deste método reside na redução do custo total do financiamento, pois o valor dos juros decresce mais rapidamente em comparação com outros sistemas.

É importante lembrar que, nessa modalidade, as primeiras prestações podem ser mais altas, o que requer uma avaliação cuidadosa da capacidade financeira do devedor nos estágios iniciais do pagamento.

Qual tipo de amortização é mais vantajosa?

A escolha entre o Sistema de Amortização Constante (SAC) e a Tabela Price depende de vários fatores, incluindo a capacidade financeira do devedor, suas preferências quanto à previsibilidade dos pagamentos e o objetivo financeiro a longo prazo.

A Tabela Price é vantajosa para quem busca a segurança de prestações fixas, facilitando o planejamento financeiro mensal sem surpresas.

Por outro lado, o SAC pode ser mais atrativo para aqueles que desejam reduzir o custo total do financiamento, pois o valor dos juros tende a diminuir mais rapidamente ao longo do tempo.

A decisão deve ser baseada na análise individual das circunstâncias financeiras e dos objetivos de cada pessoa ou empresa.

Quando fazer uma amortização?

Você deve amortizar uma dívida sempre que possível, principalmente se houver recursos financeiros disponíveis para tal.

Ela é especialmente recomendada em períodos de taxa de juros baixa, quando o custo de oportunidade do dinheiro é inferior aos juros cobrados no financiamento.

Além disso, essa é uma estratégia inteligente quando se recebe um montante inesperado — como um bônus, herança ou retorno de investimentos — e deseja-se reduzir o endividamento.

Na hora de decidir se você deve amortizar ou não, leve em conta os objetivos seus financeiros pessoais ou empresariais, ponderando a importância de diminuir dívidas frente a outras possíveis alocações de recursos.

Amortizar prazo ou prestação: entenda a diferença

A principal diferença entre a amortização do prazo e da prestação reside no tipo de abatimento que é feito sobre a dívida principal.

Em outras palavras, amortizar o prazo significa aplicar pagamentos extras ao principal da dívida, reduzindo o número total de pagamentos necessários e, consequentemente, o montante total de juros pagos.

Esta opção é interessante para quem deseja se livrar das dívidas mais rapidamente e economizar em juros.

Amortizar a prestação, por outro lado, implica na redução do valor mensal a ser pago, sem alterar a duração total do financiamento.

Essa alternativa pode aliviar o fluxo de caixa mensal, tornando a gestão financeira diária mais confortável, embora o custo total do financiamento possa ser maior comparado a amortizar o prazo.

Como o SPC Brasil pode ajudar você a amortizar suas dívidas?

O SPC Brasil desempenha um papel vital na orientação de consumidores e empresas sobre a gestão eficiente de dívidas.

Por meio de consultas de crédito, é possível obter um panorama claro da sua situação financeira e identificar todas as dívidas registradas em seu nome.

Além disso, o SPC Brasil oferece dicas valiosas e recursos educacionais sobre como negociar dívidas com credores e estabelecer um plano de amortização viável.

Monitore seu CPF/CNPJ com as soluções de consulta do SPC Brasil!

Pronto para reduzir prazo ou juros das dívidas?

A amortização é uma estratégia financeira poderosa que, quando bem planejada e executada, pode levar à liberdade financeira.

Pessoas físicas e empresas podem reduzir seus encargos financeiros e construir um futuro financeiro mais estável ao entender como esse mecanismo funciona e como aplicá-lo de maneira eficaz no seu dia a dia.

Conte com o SPC Brasil como um aliado importante nesse processo, e lembre-se: a gestão consciente de dívidas abre portas para novas oportunidades e contribui para a saúde financeira de todos.

03/04/2024

    Acesso rápido

  1. Amortização: o que é, como funciona, tipos e informações úteis
  2. O que é amortização?
  3. Como funciona uma amortização?
  4. Tipos de amortização
  5. Qual tipo de amortização é mais vantajosa?
  6. Quando fazer uma amortização?
  7. Amortizar prazo ou prestação: entenda a diferença
  8. Como o SPC Brasil pode ajudar você a amortizar suas dívidas?
  9. Pronto para reduzir prazo ou juros das dívidas?

Assuntos relacionados

Blog SPC Brasil: mais conhecimento, saúde financeira e informação de qualidade pra você!

Leia este texto e veja qual é a importância da saúde mental no trabalho e como construir um ambiente positivo!
Educação financeira

Saúde mental no trabalho: entenda a importância de um ambiente saudável

10/04/2024

Leia este texto e veja o que fazer em caso de cartão clonado, os principais tipos de golpe e quem paga o prejuízo.

Organização financeira é a virada de chave para uma vida melhor: trouxemos 10 dicas de organização financeira que realmente fazem a diferença. Confira!
Educação financeira

Organização financeira: 10 dicas de quem entende do assunto

11/01/2024

E aí, como estão as suas finanças hoje? Com certeza você já se perguntou “como ter uma vida financeira organizada” ou “como ter um planejamento financeiro pessoal”. A verdade é que imprevistos acontecem e para passar por eles, só com muita organização. Se você quer dicas para equilibrar as coisas, pegue seu caderninho de anotações e vem com a gente: o SPC Brasil te ajuda com dicas de organização financeira.

O score de crédito avalia o seu histórico financeiro para dizer se você um bom pagador. A pontuação do score de crédito é muito importante. Saiba tudo aqui!
Crédito

Score de crédito: o que é, como funciona e para que serve

18/01/2024

E aí, quando foi a última vez que você consultou seu Score de Crédito? Fazer essa consulta é o primeiro passo para entender se você tem muitas ou poucas chances de conseguir crédito para empréstimos e financiamentos. Hoje mostraremos como o Score de Crédito pode ser a chave para abrir portas incríveis ou trancar algumas oportunidades.