Logo do SPC Brasil
Leia este texto e veja quais os riscos associados a empréstimos para score baixo e como mitigar esses riscos de modo saudável.

Empréstimo para score baixo: opções em momentos de emergência

O empréstimo para pessoas com score baixo normalmente possui taxas mais altas e menores chances de ser aprovado, já que representa um risco maior para as instituições de crédito.

Mesmo assim, é possível conseguir um empréstimo com um score considerado baixo, pois existem produtos direcionados para esse público.

Pra te ajudar a entender como funciona esse tipo de empréstimo e quais são os riscos envolvidos, reunimos informações valiosas sobre o assunto. Continue lendo para entender melhor!

É possível conseguir empréstimo com score baixo?

Sim. É possível obter um empréstimo mesmo com um Score de Crédito baixo. No entanto, é importante entender que as condições de crédito podem variar.

Bancos e instituições financeiras podem considerar outros fatores além do score, como a estabilidade da renda e histórico de emprego, já que isso pode ajudar a avaliar de uma maneira mais completa a capacidade de pagamento do empréstimo.

Embora as taxas de juros possam ser mais altas e as condições mais restritas, existem produtos específicos no mercado desenhados para atender a esse público.

Mesmo que seu Score de Crédito não seja alto, ainda existem caminhos viáveis para acessar recursos financeiros em momentos críticos ou oportunos.

Quanto de Score de Crédito é preciso para fazer um empréstimo?

Não existe um valor único de pontuação necessário para se qualificar para um empréstimo. Cada instituição financeira tem seus próprios critérios de avaliação de risco.

De modo geral, os scores são classificados em faixas que indicam o risco de crédito associado, ou seja: quanto menor for o score, maiores são os riscos.

Em termos claros, scores abaixo de 300 são considerados muito baixos, dificultando a aprovação e resultando em condições mais restritivas.

Scores entre 300 e 500 ainda são considerados de risco, porém, existem empresas com condições de crédito específicas para este perfil.

Quando o score está entre 500 e 700, as aprovações em pedidos de empréstimo são mais prováveis, com taxas e condições dentro da média.

Scores acima de 700 são considerados de baixo risco, fazendo com que a pessoa se qualifique para as melhores condições de mercado, incluindo taxas de juros mais baixas e limites de crédito maiores.

Empréstimo para score baixo: como funciona?

Empréstimos destinados a pessoas com Score de Crédito baixo são geralmente estruturados para diminuir os riscos para o credor.

Isso significa que, diferente dos outros tipos de empréstimo, eles possuem taxas de juros mais altas e exigem garantias que reduzam o risco de inadimplência. Veja a seguir como alguns desses empréstimos podem ser estruturados:

• Taxas de juros elevadas: como mencionado anteriormente, para compensar o risco maior de inadimplência, os credores geralmente cobram taxas de juros mais altas;

• Exigência de garantias: alguns empréstimos podem exigir que você coloque um bem, como um carro ou uma casa, como garantia;

• Limites de empréstimo mais baixos: para limitar a exposição ao risco, os credores podem oferecer valores de crédito menores;

• Co-assinantes ou fiadores: em alguns casos, pode-se exigir que um terceiro com melhor saúde financeira co-assine o empréstimo, oferecendo uma segurança adicional ao credor.

Essas condições têm o objetivo de equilibrar o acesso ao crédito para quem tem Score de Crédito baixo com a necessidade dos credores de administrar seus riscos financeiros.

Quer entender melhor como funciona a análise de crédito para empréstimos, financiamentos e outras questões financeiras? Clique aqui!

Como pegar empréstimo para score baixo? 4 opções

Se você procura formas de conseguir empréstimos mesmo com Score de Crédito baixo, confira algumas opções seguras que reunimos abaixo:

Empréstimo pessoal

Para aqueles com score baixo, o empréstimo pessoal pode ser uma via acessível, embora com taxas de juros geralmente mais altas.

Instituições financeiras especializadas em crédito pessoal para pessoas com baixa pontuação no CPF tendem a ter processos mais flexíveis de análise de crédito, possibilitando a aprovação mesmo pra quem não possui um histórico de crédito ideal.

Empréstimo com FGTS

Uma opção interessante para trabalhadores com fundos no FGTS é o empréstimo com garantia do FGTS.

Neste modelo, parte do saldo do fundo pode ser usado como garantia no empréstimo, o que geralmente resulta em juros mais baixos e maior facilidade de aprovação, independentemente do Score de Crédito.

Empréstimo consignado

O empréstimo consignado é uma excelente opção para funcionários de empresas privadas, servidores públicos e pensionistas do INSS, já que as parcelas do empréstimo são descontadas diretamente da folha de pagamento.

Essa modalidade oferece taxas de juros mais baixas e não depende estritamente do Score de Crédito para a aprovação, já que o risco de inadimplência é reduzido.

Empréstimo com garantia

Quando se tem um bem, como um imóvel ou um veículo, é possível solicitar um empréstimo com garantia.

Essa modalidade permite acesso a maiores quantias e condições de pagamento mais vantajosas, com juros reduzidos, mesmo para quem tem score baixo.

Dicas para conseguir empréstimo com score baixo

Agora confira algumas dicas para conseguir empréstimos caso você tenha um score baixo:

Dica 1 - Consulte e entenda seu Score de Crédito

Antes de solicitar um empréstimo, é importante entender seu próprio Score de Crédito.

Acompanhe a situação do seu nome por meio de serviços como os do SPC Brasil: para verificar sua pontuação e identificar erros ou inconsistências que possam estar prejudicando sua avaliação, conte com o app SPC Consumidor. Clique aqui para baixar o app e comece a consultar!

Compreender o que pode estar impactando negativamente seu score pode ajudá-lo a tomar medidas específicas para melhorá-lo antes de fazer uma solicitação de empréstimo.

Dica 2 - Compare as opções disponíveis

Não se limite a consultar apenas uma fonte de empréstimo. Explore diferentes instituições financeiras e produtos de crédito que sejam especializados ou mais acessíveis a pessoas com scores mais baixos.

Ferramentas de comparação online podem ajudar você a visualizar taxas de juros, condições de pagamento e outros termos importantes, permitindo uma decisão mais informada.

Dica 3 – Utilize algum bem como garantia

Utilizar um bem como garantia pode ser uma estratégia eficaz para obter aprovação de um empréstimo, mesmo com um score baixo.

Bens como um imóvel, um veículo ou até mesmo seu saldo no FGTS podem ser usados para garantir melhores condições de crédito, como juros mais baixos e prazos de pagamento mais longos.

Certifique-se de entender completamente os riscos envolvidos, pois você pode perder o bem em caso de não pagamento.

Dica 4 - Opte por um empréstimo consignado

Se você é funcionário de uma empresa, servidor público ou aposentado, pode ser elegível para um empréstimo consignado, que possui taxas de juros geralmente mais baixas.

Esses empréstimos têm as parcelas descontadas diretamente de seu salário ou benefício, o que reduz o risco para o credor e facilita a aprovação mesmo para quem tem score baixo.

Dica 5 - Mantenha suas informações pessoais atualizadas

Bancos e instituições financeiras frequentemente atualizam as informações de seus clientes, e ter seus dados pessoais e financeiros atualizados pode aumentar suas chances de aprovação de crédito.

Informações precisas e atualizadas ajudam na avaliação de seu perfil de crédito e transmitem confiança para o credor.

Além disso, isso pode ajudar na avaliação de sua estabilidade financeira e histórico de endereços, aspectos considerados no processo de aprovação de empréstimos.

Como aumentar seu Score de Crédito para conseguir um empréstimo?

Melhorar o Score de Crédito pode abrir portas para melhores condições de empréstimos e outras facilidades financeiras. Veja a seguir como elevar sua pontuação em cinco simples passos:

Passo 1: Pague suas contas em dia

A pontualidade no pagamento das contas é um dos fatores mais críticos para um bom Score de Crédito.

Atrasos ou falhas no pagamento de suas obrigações financeiras, como empréstimos, cartões de crédito, contas de luz, água e telefone, podem impactar negativamente sua pontuação.

Configurar lembretes ou débito automático pode ser uma estratégia eficiente para garantir que todas as contas sejam pagas em dia.

Passo 2: Reduza o uso do limite do seu cartão de crédito

Utilizar uma grande parte do seu limite de crédito pode ser visto como um sinal de dependência do crédito, o que pode afetar negativamente seu score.

Idealmente, tente manter o uso do seu cartão abaixo de 30% do seu limite total. Isso não só ajuda a melhorar seu score, mas também demonstra gestão financeira responsável para as instituições de crédito.

Passo 3: Evite fazer muitas solicitações de crédito

Cada vez que você solicita um novo crédito, a instituição financeira realiza uma consulta ao seu histórico, o que pode diminuir temporariamente seu Score de Crédito.

Fazer várias solicitações num curto período de tempo pode ser interpretado como um sinal de problemas financeiros, portanto, é prudente limitar suas solicitações de crédito apenas para quando realmente for necessário.

Passo 4: Mantenha contas antigas

A idade do seu histórico de crédito também desempenha um papel importante na sua pontuação. Contas antigas com um histórico de pagamento positivo são benéficas para o seu Score de Crédito.

Fechar essas contas pode diminuir a idade média do seu histórico de crédito e potencialmente reduzir sua pontuação.

Portanto, mesmo que você não use uma conta antiga frequentemente, pode ser uma boa ideia mantê-la aberta.

Passo 5: Diversifique seus tipos de crédito

Ter diferentes tipos de crédito — como cartões de crédito, empréstimos pessoais, financiamento imobiliário e de automóveis — pode influenciar positivamente seu score, desde que pagos em dia.

Isso mostra que você é capaz de gerenciar diversos tipos de crédito de forma responsável. No entanto, é importante não assumir mais crédito do que você pode gerenciar de forma realista.

Sabia que o SPC Brasil já disponibilizou um passo a passo com boas práticas que podem ajudar a aumentar o Score de Crédito? Clique aqui para conhecer!

Vale a pena fazer empréstimo com score baixo?

A decisão de fazer um empréstimo com score baixo exige uma análise cuidadosa das circunstâncias e das opções disponíveis. Ou seja, a resposta curta é: depende.

Embora em situações de emergência — como despesas médicas inesperadas ou reparos urgentes em casa — um empréstimo possa ser a única solução viável, é importante considerar alguns pontos antes de seguir.

Com um Score de Crédito baixo, as taxas de juros tendem a ser significativamente mais altas, o que aumenta o custo total do empréstimo. No longo prazo, isso pode ter um grande impacto na sua saúde financeira.

Além das altas taxas de juros, os termos do empréstimo podem não ser tão favoráveis. Avalie se você será capaz de cumprir com as obrigações do empréstimo sem comprometer outras necessidades financeiras essenciais.

Como o SPC Brasil pode ajudar você a conseguir um empréstimo com score baixo?

O SPC Brasil desempenha um papel importante ao fornecer informações detalhadas sobre seu histórico financeiro, o que pode ser decisivo na hora de negociar um empréstimo

Acompanhando frequentemente o seu Score de Crédito no banco de dados do SPC Brasil, você pode entender melhor quais fatores podem estar impactando negativamente sua pontuação e tomar medidas para melhorá-la. Clique aqui para baixar o app SPC Consumidor e consultar gratuitamente!

Agora você tem as informações que precisava!

Obter um empréstimo para score baixo é uma decisão importante, mas, com a parceria do SPC Brasil, é possível tomar decisões mais informadas e estratégicas que podem facilitar o acesso a melhores condições de crédito.

Ao compreender e melhorar seu perfil financeiro e utilizar as ferramentas e informações fornecidas pelo SPC Brasil, você estará numa posição mais forte para negociar empréstimos que sejam justos e adequados às suas necessidades financeiras. Continue contando com a gente!

03/06/2024

    Acesso rápido

  1. Empréstimo para score baixo: opções em momentos de emergência
  2. É possível conseguir empréstimo com score baixo?
  3. Empréstimo para score baixo: como funciona?
  4. Como pegar empréstimo para score baixo? 4 opções
  5. Dicas para conseguir empréstimo com score baixo
  6. Como aumentar seu Score de Crédito para conseguir um empréstimo?
  7. Vale a pena fazer empréstimo com score baixo?
  8. Como o SPC Brasil pode ajudar você a conseguir um empréstimo com score baixo?
  9. Agora você tem as informações que precisava!

Assuntos relacionados

Blog SPC Brasil: mais conhecimento, saúde financeira e informação de qualidade pra você!

Leia este texto e veja como financiar um carro com score baixo, como melhorar as condições e muito mais!

É possível financiar carro com score baixo? Vale a pena? Confira!

15/07/2024

Leia esta texto de veja como financiar um carro com score de crédito baixo, como melhorar as condições e muito mais!

O score de crédito avalia o seu histórico financeiro para dizer se você um bom pagador. A pontuação do score de crédito é muito importante. Saiba tudo aqui!

Score de crédito: o que é, como funciona e para que serve

18/01/2024

E aí, quando foi a última vez que você consultou seu Score de Crédito? Fazer essa consulta é o primeiro passo para entender se você tem muitas ou poucas chances de conseguir crédito para empréstimos e financiamentos. Hoje mostraremos como o Score de Crédito pode ser a chave para abrir portas incríveis ou trancar algumas oportunidades.

Entenda o que é cadastro positivo, como funciona e para que serve. Conhecer o significado de cadastro positivo vai ajudar a sua vida financeira. Saiba tudo!

O que é Cadastro Positivo: como funciona e para que serve

21/12/2023

Você já deve ter ouvido falar do famoso 'Cadastro Positivo', mas será que sabe o que ele é e como pode ser seu aliado nas finanças e na realização dos seus sonhos? Hoje vamos simplificar essa história e mostrar como esse cadastro pode ser a chave para um futuro financeiro próspero. Vamos nessa!